Colágeno Tipo 2 pode formar novo tecido e tratar lesões na cartilagem articular

‘Fantasma’ para os praticantes de exercício, principalmente corredores e também para os idosos, osteoartrite e a artrite reumatóide são difíceis de curar.

Dos problemas que podem prejudicar os praticantes de exercícios, particularmente os corredores, existe um que requer maiores cuidados pela gravidade das suas consequências. Trata-se do problema daslesões de cartilagem articular, que se constituem em um verdadeiro “fantasma” tanto para os praticantes de exercício como também para os idosos.

Em função da importância do tema, solicitamos a colaboração da fisioterapeuta, doutora em Reabilitação pela UNIFESP, Gerseli Angeli na elaboração do texto abaixo:

Os dois principais problemas que acometem a saúde das cartilagens articulares são: a osteoartrite e a artrite reumatóide.

A osteoartrite consiste em um problema puramente da cartilagem, sem nenhum componente autoimune. Os principais sintomas são doredema (inchaço), crepitação, deformação da cartilagem e, consequentemente, da articulação acometida.

A artrite reumatoide consiste em uma doença autoimune que, dentre outros acometimentos sistêmicos, está acompanhada da inflamação das articulaçõesfadiga dor muscular, e cuja progressão leva a deformação articular.

Devido ao quadro inflamatório presente em ambas as doenças, o tratamento consiste na administração de anti-inflamatórios não hormonais e analgésicos e na manutenção da mobilidade articular, a fim de prevenir e/ou diminuir a deformação. Apesar de esses tratamentos controlarem os sintomas decorrentes do processo inflamatório, eles não alteram o curso da doença, o que só é possível com a reconstrução da cartilagem.

Há algumas décadas, a administração oral de suplementos nutricionais a base de Glucosamina e Condroitina tem sido utilizada em grande escala, com o objetivo de se conseguir mesmo que uma tênue reconstrução cartilaginosa. Mais recentemente parece ter surgido uma nova alternativa com resultados animadores. O uso do colágeno ativado do tipo II, com uma quebra programada, apresenta evidências de favorecer a formação de um novo tecido cartilaginoso.

Até o momento, os resultados obtidos em estudos baseados em avaliação de imagem, como ressonância magnética, e os de percepção subjetiva de dor têm sido bastante satisfatórios. Este sucesso tem levado ao aumento do consumo deste nutriente por diversos pacientes acometidos por ambas as doenças, acenando com um prognóstico animador para um problema de tão difícil tratamento.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2014/10/colageno-pode-formar-novo-tecido-e-tratar-lesoes-na-cartilagem-articular.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Para a compra desse medicamento é necessário o envio da CÓPIA DA RECEITA MÉDICA.     A Receita Médica pode ser escaneada ou fotografada e enviada via Whatsapp ou no próprio processo de compra online através da pagina MANIPULE SUA RECEITA, coloque na mensagem o número do seu pedido em caso de dúvidas chame no Whatsapp 2198333-9000 ou entre em contato através do e-mail [email protected] Seu pedido só será liberado após o envio da CÓPIA DA RECEITA MÉDICA, portanto, caso não possua receita médica não adquira o produto. ATENÇÃO: Segue abaixo os critérios que serão adotados para avaliação da receita médica: 1- A receita deverá ser legível, contendo nome do medicamento, dose e quantidade prescrita. Receitas que estiverem ilegíveis ou que possam induzir a erro e confusão não serão manipuladas. 2- A receita deverá conter a descrição de posologia (o modo de usar do medicamento); 3- A receita deverá conter a data de emissão, assinatura com carimbo do profissional habilitado, endereço do consultório ou da residência e o nº de inscrição do respectivo Conselho Profissional (CRM). 4- Receitas normalmente podem ser aviadas até 6 meses após a data prescrita. Avaliam-se exceções onde o médico escreve uso contínuo ou quando solicitar para não repetir a receita. 5- É imprescindível a apresentação e avaliação da receita pelo (a) Farmacêutico (a) para a manipulação do medicamento solicitado por meio remoto.