Combata as Dores nas articulações: causas e tratamentos

As dores nas articulações atingem um percentual significativo da população. Essa disfunção provoca dores nas costas e nas pernas e segundo estudos, elas podem ter como origem a degeneração das articulações que ocorre com a idade, doenças de disco e inflamações, entre outras causas. Entre os principais tratamentos podemos destacar o colágeno tipo 2 que vamos ver mais a frente.

Como pode se originar de diversos tipos de doenças e lesões é fundamental que a pessoa procure um especialista para um diagnóstico correto uma vez que independentemente da causa, a dor nas articulações é incômoda e afeta a rotina da pessoa.

As articulações são estruturas físicas complexas e fundamentais para o funcionamento do corpo, especialmente em termos de mobilidade. Ela envolve bursas, tendões, ligamentos, membrana sinovial, cartilagem e ossos. Devido ao uso constante das articulações para a movimentação corporal problemas nessas regiões não são raros.

Principais sintomas das dores nas articulações

A maioria das pessoas que tem algum problema nas articulações apresenta sintomas em alguma das pernas, ao mesmo tempo que na parte lombar. Entretanto, não é difícil encontrar casos em que as dores acontecem em ambas as pernas e nos quadris.

Entre os sintomas mais comuns temos:

  • Dores ao praticar exercícios como, por exemplo, agachar-se;
  • Dor lombar;
  • Dor nos quadris e nas coxas sendo que em alguns casos pode se irradiar para as pernas;
  • Desconforto para dormir e perda de equilíbrio;
  • Fraqueza muscular, formigamento e entorpecimento nas extremidades inferiores.

Tratamentos para dores nas articulações

Os tratamentos para essa disfunção geralmente envolvem o colágeno. E o motivo para isso é muito sério: essa proteína é encontrada no interior das articulações e, com o envelhecimento ou inflamações, é uma das primeiras coisas a serem perdidas pelo corpo. O colágeno é uma proteína natural sendo a mais abundante encontrada em nossos ossos. Além disso, ele é fundamental para construção de qualquer tipo de tecido corporal.

Com os avanços da ciência atualmente dispomos de diversos tipos de colágeno para o tratamento de problemas envolvendo as articulações. Entre eles:

UC-II 40mg: Além de ser o primeiro produto a ser oferecido em doses de 40 mg (uma vez ao dia), estudos clínicos apontaram que ele tem um potencial muito maior do que glucosamina + condricina para a manutenção da mobilidade e flexibilidade das articulações.

R$84,69
Até 1x R$84,69 Sem Juros

Colágeno Tipo II: Como apontamos, o colágeno Tipo II é o principal responsável por promover a firmeza e tração do tecido cartilaginoso. Como também está disponível na opção com 40 mg a posologia é de apenas uma cápsula por dia.

R$57,96
Até 1x R$57,96 Sem Juros

Vale observar que o colágeno também pode ser obtido de fontes naturais, além das opções de medicamentos manipulados. Nesse sentido, uma das melhores formas é o caldo de osso que além de colágeno ainda conta com outras substâncias que auxiliam a tratar lesões nas articulações a exemplo dos aminoácidos, ácido hialurônico e glucosamina.

Ômega-3, alimentos anti-inflamatórios e antioxidantes também entram na lista de itens que ajudam no combate as dores nas articulações. Alho, peixe, sardinha, gengibre e frutas diversas podem fazer parte da dieta.

R$60,38
Até 1x R$60,38 Sem Juros

Postura

Ficar atento para uma postura correta enquanto se pratica exercícios físicos, caminha, senta ou simplesmente fica em pé são aspectos fundamentais para que as articulações não sejam submetidas a um estresse sem necessidade. Em várias situações o que se verifica é que diversos problemas envolvendo as articulações derivam de uma má postura do indivíduo.

Nesse sentido, buscar auxílio de um especialista em fisioterapia pode ajudar não apenas a sanar as dúvidas, mas evitar que complicações que poderiam ser evitadas apareçam com o tempo.

Por fim, a recomendação crucial é sempre procurar por cuidados médicos o mais rápido possível. Cerca de 15 milhões de brasileiros sofrem com dores nas articulações de acordo com o Ministério da Saúde e, em muitos casos, quando o problema não é tratado doenças mais graves acabam sendo inevitáveis.

É preciso também ficar atento ao fator idade. Como vimos no início a diminuição do colágeno está relacionada ao processo natural de envelhecimento do corpo humano. Então, caso suas articulações comecem a doer sem motivo aparente, aplique gelo no local para diminuir a dor. Médicos recomendam que se isso não resolver e a dor persistir um profissional da área precisa ser consultado o quanto antes.