Minoxidil: Para que serve afinal?

Minoxidil ajudou a crescer cabelos

Minoxidil: Para que serve afinal?

Minoxidil é um medicamento inicialmente formulado para tratamento de hipertensão. É um vasodilatador que auxilia no crescimento de pelos no corpo, inclusive em regiões já atacadas pela calvície ou queda significativa de cabelo.

As características antiqueda e estimuladoras de crescimento de pelos começaram a ser exploradas pela indústria farmacêutica e hoje o produto é amplamente conhecido e recomendado para homens e mulheres em busca de tratamento capilar.

Para que serve o minoxidil?

Além de vasodilatador recomendado para casos de hipertensão (com fórmula e posologias especificas), o minoxidil serve para tratamentos capilares diversos. As células da raiz do cabelo se multiplicam em consequência de sua ação.

O produto estimula o crescimento dos pelos e fortalece fios frágeis.

De regra, o Minoxidil vem apresentando bons resultados na reversão de calvícies hereditárias, na prevenção e combate da queda de cabelo e na correção de barbas com falhas ou pelos finos.

Pode ser usado tanto por homens quanto mulheres, contudo, não pode ser administrado em crianças. A indicação de uso é para maiores de 18 anos.

O Minoxidil funciona por causa de sua propriedade vasodilatadora, que estimula a circulação sanguínea e permite a oxigenação da pele.

Assim, os nutrientes conseguem chegar com mais facilidade nos folículos dos pelos, agilizando o seu crescimento.

4 tratamentos com minoxidil que funcionam

O minoxidil pode ser utilizado com excelência e bons resultados para diversos tratamentos, abaixo falaremos sobre cada um deles.

Queda de cabelo

Homem sofrendo com queda de cabelo

Essa é uma das situações com maiores procuras por minoxidil.

A queda de cabelo afeta milhares de pessoas, com causas que variam entre tendência genética para a calvície e condições ambientais que propiciam o desenvolvimento de oleosidade ou seborréia no cabelo.

Alergias e situações de estresses também podem provocar queda de cabelo.

Esse medicamento pode ser encontrado facilmente em farmácias e se encontra na composição dos principais suplementos contra queda de cabelo.

Minoxidil tem ótimos efeitos já comprovados nos seguintes casos de queda de cabelo:

  • Calvície (alopecia androgenética);
  • Surgimento de falhas no couro cabeludo por origem de alergias ou condições de saúde;
  • Fortalecimento dos fios, principalmente no caso de pessoas que foram submetidas a tratamentos agressivos ou estão com o cabelo danificado por produtos químicos, como os usados em alisamentos;
  • Prevenção de queda de cabelo, no caso de pessoas que tem histórico familiar de calvície e pretende retardar ou mesmo evitar o processo.
Você pode encontrar o Minoxidil em diferentes fórmulas: xampus, comprimidos, gel, loção ou espuma. Os resultados começam a aparecer em cerca de 2 a 3 meses.A vantagem de usar o xampu é que se utiliza no dia a dia, então não é preciso se preocupar em “lembrar” de utilizar o medicamento.

Esmalte com minoxidil

Unhas grandes e fortes com Minoxidil

Muitas mulheres procuram maneiras de fazer as unhas crescerem ou tornarem-se mais fortes e bonitas.

O esmalte de Minoxidil tem se mostrado uma alternativa prática e eficaz não apenas para tratar a queda de cabelo, mas também para estimular o crescimento e fortalecimento das unhas.

O esmalte de minoxidil (5%) ainda contem em sua composição outras potentes substancias:

  • D-Pantenol 2%: vitamina extremamente potente e com funções diversas, conhecido popularmente como o “ingrediente da beleza”
  • Biotina 0,7% : vitamina B7, fundamental para a saúde das unhas, pois trabalha na produção de queratina;
  • Queratina 2%: além de uma substância que potencializa a produção de queratina, o próprio esmalte traz queratina na sua composição, substancia essencial no fortalecimento e resistência das unhas.

O esmalte de minoxidil deve ser aplicado diretamente no local, como se fosse um esmalte comum, duas vezes por dia, fazendo intervalos de pelo menos 8 horas entre uma aplicação e outra.

R$29,59
Até 1x R$29,59 Sem Juros
R$26,29
Até 1x R$26,29 Sem Juros
Você pode sentir certo calor no local quando estiver aplicando o esmalte, é um efeito normal, não se preocupe. Se houver alguma unha lesionada, não passe o produto nela.

Minoxidil para mulheres

Existe uma composição de minoxidil produzida especialmente para mulheres, com concentração a 2%.

O cabelo feminino pode ser mais difícil de tratar porque, via de regra, mulheres têm o cabelo mais comprido do que os homens e o produto precisa atingir o couro cabeludo.

Se o seu cabelo é longo e você não está disposta a cortá-lo existe uma alternativa para preservar as madeixas.

Você pode utilizar da técnica de tintura de cabelo em casa. Com um pente fino, reparta o seu cabelo até expor o couro cabelo e vá passando minoxidil (a loção é mais indicada) com o auxílio de um cotonete ou conta-gotas.

Vá repartindo e aplicando até molhar todo o couro cabeludo.

Para falhas na barba e nas sobrancelhas

Minoxidil também consegue ótimos resultados no preenchimento de falhas na barba e nas sobrancelhas.

A ação nas sobrancelhas é uma vantagem especial para as mulheres que costumam sofrer com falhas ou pelos ralos e finos, ou ainda para aquelas que gostariam que eles fossem mais espessos.

É importante lembrar que, como o uso de minoxidil é tópico a aplicação deve ser muito precisa e cautelosa para evitar que comece a nascer pelos fora da área da sobrancelha.

Já os homens com falhas na barba, pelo muito fino, pouco ou de crescimento vagaroso podem se beneficiar também com minoxidil.

Ao ser aplicado diretamente na pele do rosto, estimula o crescimento dos pelos, faz nascer pelos em áreas de falhas e fortifica os fios.

Informações importantes

Há versões de minoxidil com concentrações de 2%, 3%, 5% e 10%. As mais usadas são as de 2% e 5%, sendo que a de 2% costuma ser indicada para mulheres, enquanto que a de 5% é recomendada para homens.

O minoxidil age revitalizando os cabelos, fazendo com que o ciclo de crescimento seja mais eficaz e promove resultados muito satisfatórios em pessoas que perceberam a queda há pouco tempo.

É preciso que o tratamento diário com minoxidil dure pelo menos de dois a três meses, em média, para que os primeiros resultados sejam visíveis.

Geralmente, a recomendação é de aplicação continua entre 12 e 18 meses. Após esse período a pessoa deve reduzir as aplicações paulatinamente.

O tempo mínimo necessário para alcançar os primeiros resultados pode variar de cada paciente, tanto por fatores genéticos quanto pela gravidade de cada caso.

É muito importante não suspender o tratamento antes do tempo ou de forma abrupta porque o crescimento de cabelo será suspenso e os efeitos atingidos se reverterão, de modo que, após três ou quatro meses, será como se o produto nunca tivesse sido utilizado.

Se você tiver dúvidas ou receios em usar minoxidil ou qualquer outro medicamento do mesmo tipo, procure um dermatologista. E atente-se para ler a bula de todo e qualquer remédio que você utilizar.

Você também pode conversar com o farmacêutico da drogaria que você frequenta.

Contraindicações

O minoxidil é contraindicado para menores de 18 anos e para os seguintes grupos de pessoas ou casos:

  • Gestantes
  • Pessoas com glaucoma
  • Lactantes
  • Se o couro cabeludo estiver com algum tipo de irritação
  • Quando a razão da queda de cabelo é desconhecida
  • Se a queda de cabelo for repentina
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Para a compra desse medicamento é necessário o envio da CÓPIA DA RECEITA MÉDICA.     A Receita Médica pode ser escaneada ou fotografada e enviada via Whatsapp ou no próprio processo de compra online através da pagina MANIPULE SUA RECEITA, coloque na mensagem o número do seu pedido em caso de dúvidas chame no Whatsapp 2198333-9000 ou entre em contato através do e-mail [email protected] Seu pedido só será liberado após o envio da CÓPIA DA RECEITA MÉDICA, portanto, caso não possua receita médica não adquira o produto. ATENÇÃO: Segue abaixo os critérios que serão adotados para avaliação da receita médica: 1- A receita deverá ser legível, contendo nome do medicamento, dose e quantidade prescrita. Receitas que estiverem ilegíveis ou que possam induzir a erro e confusão não serão manipuladas. 2- A receita deverá conter a descrição de posologia (o modo de usar do medicamento); 3- A receita deverá conter a data de emissão, assinatura com carimbo do profissional habilitado, endereço do consultório ou da residência e o nº de inscrição do respectivo Conselho Profissional (CRM). 4- Receitas normalmente podem ser aviadas até 6 meses após a data prescrita. Avaliam-se exceções onde o médico escreve uso contínuo ou quando solicitar para não repetir a receita. 5- É imprescindível a apresentação e avaliação da receita pelo (a) Farmacêutico (a) para a manipulação do medicamento solicitado por meio remoto.