BIOintestil 600mg 30 Cápsulas

R$132,98

Até 2x R$66,49 Sem Juros

Em estoque

Compra Segura, receba o produto que está esperando ou devolvemos o dinheiro.
  • Aumento da motilidade intestinal;
  • Estimula a digestão;
  • Equilíbrio da microbiota intestinal;
  • Alivio de sintomas como gases, náuseas e vômitos;
  • Eliminação do inchaço e dores abdominais;
  • Tratamento da síndrome do intestino irritável.

A síndrome do intestino irritável, ou colite nervosa, como é conhecida, é uma desordem funcional do intestino que afeta cerca de uma em cada cinco pessoas. Suas causas envolvem hábitos alimentares inadequados com excesso de carboidratos, açúcares e alimentos industrializados, uso prolongado de antibióticos e excesso de estresse e ansiedade. Qualquer um desses fatores ou associação entre eles, em longo prazo, pode levar a um quadro inflamatório do intestino, causando sintomas desconfortáveis na região abdominal, intestino desregulado e variação no humor.

BIOintestil® é  um produto natural indicado para o bem estar da saúde digestiva, é constituído por dois componentes:
– óleo essencial extraído da Cymbopogon martinii (Roxb.) Wats, padronizado em geraniol; e a
– fibra em pó obtida do rizoma de Zingiber officinale Roscoe, padronizado em 6-gengirol, que permite a liberação simultânea das substâncias ativas direcionadas ao cólon.

Esses componentes de BIOintestil® agem através de uma ação anti-inflamatória, antimicrobiana seletiva, carminativa e antiemética. O rizoma do gengibre possui uma ação antináusea, age regularizando a mobilidade gastrointestinal e eliminando os gases. O geraniol, naturalmente presente no óleo essencial de citronela, atua como inibidor da COX-2, com consequente redução dos níveis de mediadores inflamatórios e atividade antimicrobiana.

“Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!”

 > Benefícios 

  • Aumento da motilidade intestinal;
  • Estimula a digestão;
  • Equilíbrio da microbiota intestinal;
  • Alivio de sintomas como gases, náuseas e vômitos;
  • Eliminação do inchaço e dores abdominais;
  • Tratamento da síndrome do intestino irritável.

 > Posologia

Tomar 1 dose 1x ao dia.

Indicação terapeutica:

– 600mg/dia para uso contínuo.
– 600mg, três vezes ao dia, durante 4-6 semanas para tratamento. Pode-se repetir esse ciclo até 4 vezes no ano, com intervalo mínimo de 4 semanas entre um ciclo e outro.

 > Composição

Biointestil 600mg

 > Validade

4 Meses

 > Advertências 

“Se persistirem os sintomas, o medico ou farmacêutico deverá ser consultado”
“Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado”
“As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto”
“Consulte sempre um especialista”
“As imagens postas são meramente ilustrativas”
“As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa”

Contra-indicações:
– Crianças;
– Mulheres grávidas;
– Pacientes portadores de insuficiência renal e/ou hepáticas;
– Pacientes com patologias relacionadas à coagulação;
– Concomitantemente com terapias anticoagulantes.

 > Referências 

1. Informações do fabricante.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

“Se persistirem os sintomas, o medico ou farmacêutico deverá ser consultado”
“Evite a automedicação. O medicamento mesmo livre de obrigação de prescrição médica merece cuidado”
“As indicações postas não se tratam de propaganda, e sim de descrição do produto”
“Consulte sempre um especialista”
“As imagens postas são meramente ilustrativas”
“As indicações dos produtos são baseadas no conhecimento científico do profissional farmacêutico e laudos de aquisição dos produtos junto aos fornecedores autorizados pela Anvisa”
“Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!”